Mensagem do Presidente

 

desc

O Projecto INPHARMA é fruto da audácia de quem teve, no início dos anos 90, a visão e acreditou que o nosso País podia ousar em desenvolver um sector particularmente exigente como a Indústria Farmacêutica e teve a tenacidade para enfrentar e contornar todos os obstáculos, afirmando a capacidade empreendedora deste nosso país que nunca se resignou ao subdesenvolvimento e sempre quis ir mais longe na sua autonomia económica.

Desde a génese desta nobre Instituição que  os ideais e os caminhos estratégicos emergem da simbiose de pensamento e acção entre os seus Accionistas e os seus Gestores, afirmando aqui que o mandato do Conselho de Administração que presido irá certamente seguir essa mesma tradição.

Convém aqui relembrar que desde da criação da INPHARMA, os Genéricos constituíram a matriz principal do ADN da Empresa, ou seja, estivemos desde sempre no caminho certo, aliás, grande parte da denominação dos nossos produtos coincide com o nome do princípio activo.

Queremos igualmente realçar que a INPHARMA fez um avultado investimento para a implementação de um sólido Sistema de Gestão de Qualidade, o qual permitiu consolidar a reputação e credibilidade dos produtos Inpharma, dando assim origem ao Laboratório de Controlo de Qualidade, o INLAB.

 

Depois de um trabalho intensivo, o Laboratório obteve a Acreditação na exigente norma ISO 17025, tornando-se assim uma referência nacional e internacional, com a acreditação para 37 parâmetros, em quatro áreas diferentes de actividade, incluindo microbiologia, medicamentos, água e alimentos, alargando assim o âmbito da nossa actuação comercial.

Como corolário dessa aposta, a INPHARMA venceu concursos internacionais para o controle laboratorial dos antirretrovirais em uso nesta sub-região, reforçando assim a nossa aposta internacional.

A internacionalização da INPHARMA será feito em bases muito sólidas, onde cada mercado será criteriosamente estudado, onde o ambiente legal e normativo merecerá uma atenção especial a par da segurança e sustentabilidade económica e financeira, bem como do contexto politico e social.

A experiência adquirida com a implementação do Projecto EMPHARMA STP em São Tomé e Príncipe, aliada aos resultados dos estudos acima referidos irão determinar os caminhos que iremos percorrer onde cada mercado terá os seus desafios os quais teremos de enfrentar com determinação. 

 

Luis Vasconcelos
Presidente do Conselho de Administração